Saxofone

O Saxofone é um instrumento musical de sopro, criado por patenteado em 1846 por um belga chamado Adolphe Sax, um respeitado fabricante de instrumentos, Adolphe criou a família toda dos saxofones (soprano, alto, tenor, barítone...). Embora o saxofone seja quase totalmente feito em metal, ele pertence à família das madeiras (pelo simples motivo de utilizar uma palheta para reproduzir o som). Utiliza-se está palheta presa à boquilha para fazer que o som saia no instrumento, sem a palheta o instrumento "não funciona".


Tipos de Saxofone

Saxofone Sopranino

É o membro mais agudo da família dos saxofones. É afinado em E♭(Mi bemol) ou, raramente, em F (fá). Seu corpo é reto

Saxofone Soprano

É o integrante mais agudo do quarteto de saxofones clássico (composto de sax alto, tenor, soprano e barítono). Afinado em B♭(si bemol). Há também sopranos afinados em C (Dó), mas são muito raros. O tradicional é o de corpo reto, mas há também sopranos curvos.

Saxofone Alto

Um dos tipos mais comuns de saxofone, muitos que iniciam no sax começam por ele. De registro médio-agudo, tem a tessitura próxima à da viola. É afinado em E♭(Mi bemol).

Saxofone Tenor

Também é um instrumento muito comum. Tem registro médio-grave. Afinado em B♭(Si bemol). Há também os afinados em C (Dó).

Saxofone Barítono

É o integrante mais grave do quarteto de saxofones clássico. Afinado em E♭(Mi bemol). É comum encontrar barítonos com uma nota a mais para o grave.

Saxofone Baixo

Muito utilizado em bandas sinfônicas e em grandes conjuntos de saxofones. É afinado em B♭(Si bemol). Também pode contar com recurso do A (lá) grave.

Saxofone Contrabaixo

É o membro mais grave da família original do saxofone. É afinado em E♭(Mi bemol).

A divisão do saxofone

O saxofone é dividido em várias partes, veja a seguir na imagem:

  1. Palheta
  2. Boquilha
  3. Abraçadeira ou Braçadeira
  4. Cortiça
  5. Tudel
  6. Registro das Oitavas
  7. Parafuso para prender o tudel no corpo do sax
  8. Parafuso para apertar a lira (porta partitura)
  9. Chave das oitavas
  10. Chaves Palmares
  11. Campana
  12. Protetor das Chaves
  13. Chaves

Palhetas

Primeiro, vamos saber para que ela vá servir realmente, em uma definição rápida para agora seria: fazer a boquilha apitar pra sair o som no sax.

Como disse... Isso foi uma definição rápida, o que realmente acontece é que quando você assopra faz a palheta vibrar e produzir o som e o ar leva esta vibração para todo o instrumento, conforme o as chaves apertavas, fazem o som passar ou não por determinado local, assim fazendo as diferentes notas musicais.

Existem várias numerações nas palhetas, sendo que quanto menor a numeração dela, menor o esforço no sopro para produzir o som, pois ela é mais dura e ‘pesada para assoprar’.

Por que alguém quer uma palheta dura então?!

Resposta: Pelo fato que na boca quando você assopra, muitos músculos são utilizados, quando feito isso regularmente eles ficam cada vez mais fortes, e com isso uma palheta muito leve irá causar um som ardido (literalmente um apito, que é uma coisa péssima para qualquer saxofonista, mesmo com tudo certo, boquilha e palheta no lugar certo, tunel no corpo do sax...).

Mas... Do que é feito a palheta? Madeira mesmo?

Na verdade a palheta não é feito de madeira... Bom... Pelo menos não de um carvalho ou um pinheiro, mas sim feita do bambu. Porém, com estudos e testes conseguiram criar uma nova classe de palheta, as de fibra (como a Fibrasell – palheta da foto) e também palhetas de plástico – Sim! Plástico mesmo!)

As palhetas mais comuns e utilizadas são as de bambu, porém, vamos entender o motivo:

  • Palhetas de Bambu: Som mais fiel ao saxofone, muitos utilizam juntamente com a boquilha de massa (para deixar o som mais escuro e gostoso de ouvir por tempo mais longo, bom para casamentos).
  • Palhetas de Fibra: se encaixam melhor nas boquilhas de metal, assim obtendo um com mais brilhoso e aberto. (bom para baladas e lugares mais agitados)
  • Palheta de plástico: Eu mesmo não aconselharia alguém a comprar e a utilizar, eles fazem o som do sax soar como a de um pato, não quer que seu som seja confundido com um pato não é mesmo?!

Mesmo assim, nada o impede de utilizar uma palheta de fibra ou plástico em uma boquilha de massa, ou fazer algum outro tipo de mix, boquilha de metal com bambu ou outro tipo ainda de palheta, é bem divertido fazer isso, perceber como o som muda, mas sim, algumas palhetas têm o preço mais salgado que outras.

Outras Informações

Mas eu sou iniciante ganhei um sax que veio com uma palheta, ela está apitando!!!

Resposta: Bom, infelizmente as palhetas do saxofone não são eternas, tem um período útil, depois elas vão se desgastando e amolecendo (ponto negativo para o sax), então teria que comprar uma palheta nova.

Comprei uma palheta novinha, porém, continua apitando!!!

Resposta: Neste caso, pode ser a abertura de sua boquilha, quanto mais aberta sua boquilha é, mais pesada tem que ser sua palheta, para tirar um som bonito no instrumento e sem apitar.

A Boquilha do saxofone

Falei muito de massa e de metal, mas... Que massa é essa que tanto eu estou falando? Entenda a partir daqui sobre o mundo das boquilhas, realmente tem muita informação.

Uma dessas informações importantes é que cada boquilha tem suas facilidades e limitações, algumas tem os graves mais aveludados, outras tem os agudos muito ardidos, entenda uma coisa muito importante: Isso tudo varia de boquilha + palheta, achar a combinação certa é difícil, mas não impossível!

Vale a pena ressaltar que cada saxofone tem a boquilha de um tamanho diferente, assim eu não posso pegar uma boquilha de soprano e colocar em uma de alto, pois não vai funcionar, assim não posso pegar uma de barítono e colocar em um tenor, isso não existe!

As boquilhas podem ser feitas de muitos objetos, desde massa, plástico, metais, acrílico, madeira, vidro, já ouvi até que foram feitos de ossos!

As mais utilizadas são de massas plásticas e de metais, e é nelas que eu realmente vou me aprofundar aqui com vocês a seguir.

Boquilhas de massa

Estas boquilhas normalmente quem utilizam são iniciantes,(pois já vem no instrumento), porém existem muitas boquilhas de massa profissionais e muitos saxofonistas profissionais que utilizam elas por terem o som mais abafado (escuro), muito utilizada no Jazz e em igrejas.

Boquilhas de Metal

Boquilhas feitas de metal, normalmente quem utilizam são pessoal que já tem uma embocadura mais firme e já algum tempo de sax,(pois iniciantes podem ter dificuldade para se adaptar), Boquilhas de metal tem seu som mais aberto e brilhoso, fazendo assim ter um destaque entre pessoas que fazem shows e algumas apresentações.

Artigo escrito pelo colaborador
Guilherme Vaufran Esteves
(outubro-2014)
actual - web: 454 app android: 0 total: 454
record - web: 3094 app android: 44 total: 3138
conn(used:5 - open: 0)