Akai EWI USB

controlador de sopro para PC, MAC e até iPad

Geralmente, o mundo da tecnologia musical anda afastado dos instrumentistas de sopro. Enquanto tecladistas e guitarristas contam com centenas de sintetizadores virtuais, efeitos, controladores e acessórios, saxofonistas e flautistas usam no máximo um processador de efeitos e algum bom microfone. Justamente pensando em oferecer mais opções para estes músicos, surgiram os pouco habituais "wind controllers", ou controladores de sopro.

O objetivo destes equipamentos é permitir que músicos acostumados com os instrumentos de sopro possam tocar com reproduções dos timbres de seus instrumentos e milhares de outros sons, oferecendo maior versatilidade em performances ao vivo e mais possibilidades criativas nos processos de composição e gravação no estúdio.

A Yamaha e a AKAI são as principais referências neste mercado. Por serem de interesse de um público bastante específico, geralmente os controladores de sopro são desenvolvidos para a utilização profissional, possuem ótima construção e diversos recursos para tornar a execução do instrumento mais confortável.

No último mês, tive a oportunidade de experimentar o EWI USB da Akai. O controlador é a versão mais simples do Akai EWI4000S e, ao contrário deste, não possui timbres e precisa sempre de um computador rodando algum instrumento virtual para funcionar.

O EWI USB já vem com um software da Garritan, tradicional desenvolvedora de aplicativos com sons de orquestra para PC e Mac, chamado Aria, repleto de timbres de instrumentos de sopro, orquestra, teclados e sintetizadores. O controlador é capaz de trabalhar com qualquer outro instrumento virtual para o computador e, para a minha surpresa, também funciona muito bem com o iPad.

Neste review, você ficará conhecendo as minhas impressões sobre o EWI USB da Akai e poderá conferir que o controlador é uma opção para instrumentistas de sopro e até mesmo para quem nunca tocou estes instrumentos.

O que há na caixa?

Além do EWI USB, temos o cabo USB, uma alça para o controlador, documentação e CD para instalação do software Aria da Garritan.

A construção do EWI é muito boa. Apesar de boa parte do material ser plástico, o controlador parece ter grande resistência. As chaves, apoios de polegar e rolamentos de mudança de oitavas são feitos de metal cromado.-

Para quem é?

Desenvolvido com total inspiração nos instrumentos de sopro, a primeira indicação não poderia ser mais óbvia: qualquer músico, que já toque algum instrumento de sopro, irá se adaptar rapidamente ao EWI, principalmente os saxofonistas. Para quem quer contar com diversos timbres e continuar com o conforto do acionamento semelhante ao seu instrumento, o EWI pode ser uma excelente opção, seja para o palco ou para o estúdio. Por software é possível mudar a disposição das notas no instrumento, assim como suas funções.

Porém, músicos que nunca tocaram um sax ou uma flauta também poderão se aventurar com o controlador. Uma das maiores dificuldades do aprendizado inicial de qualquer instrumento de sopro não está presente no EWI: a embocadura. Então, qualquer pessoa que sopre no bocal irá produzir uma nota. Obviamente, será necessário estudar a posição das notas no controlador, assim como desenvolver um controle de respiração adequado.-

Recursos e software

Software Aria

As chaves do EWI USB não se movem. Tudo acontece somente com a sensibilidade ao toque. Logo, não haverá necessidade de regulagem e nem mesmo ruídos mecânicos durante a prática do instrumento usando fones de ouvido.

A mudança de oitava ocorre com o de deslizar o polegar pelos rolamentos da foto acima. Foi a característica que mais demorei a aprender, mas, com um pouco de prática, passou a ser mais natural. Você verá mais detalhes no vídeo que aparece no próximo tópico deste review.

O software Aria, que acompanha o EWI USB, tem duas finalidades principais: fornecer uma coleção de timbres bastante variada e permitir a customização de comportamento do EWI e seus controles. E estamos falando de algo muito versátil por aqui. Praticamente tudo o que existe no EWI pode ser calibrado via software. Ataque das notas, o estilo de digitação, como o sensor do bocal influencia o timbre gerado, quais comandos MIDI os sensores próximos ao apoio de polegar irão enviar, etc. É bom citar que as configurações ficam gravadas no controlador, o que facilita a utilização do equipamento com outros instrumentos virtuais.

O Aria também permite que o músico toque com até 4 timbres carregados simultaneamente. O volume, pan e quantidade de reverb de cada instrumento carregado podem ser configurados individualmente. A qualidade dos sons varia bastante. Existem ótimos instrumentos e outros que não são nem mesmo usáveis. A boa configuração de efeito poderá gerar um resultado muito satisfatório.

Testes e apresentação

Por ser um controlador bem diferente e pouquíssimo explorado em sites em português, decidi fazer um vídeo um pouco mais detalhado segue o lik do video

O Akai EWI USB é importado pela Habro Music, que gentilmente nos cedeu uma unidade para review. O produto pode ser encontrado em lojas de instrumentos pelo país. Uma rápida pesquisa mostrou que o controlador está sendo vendido por cerca de R$ 1.600,00 reais.

Conclusões sobre o Akai EWI USB

O Akai EWI USB é um controlador capaz de gerar muitas opções para instrumentistas de sopro e também para músicos que tocam outros instrumentos e procuram novas formas de expressividade e dinâmica ao controlar um instrumento virtual. Como qualquer instrumento, exige estudo e prática e, como quase todos os controladores, está limitado pela própria tecnologia MIDI. Determinados recursos de performance, como bends e harmônicos baseados na intensidade ou direção do ar no bocal, não poderão ser reproduzidos da mesma maneira, ou não soarão com a mesma naturalidade.

Para quem quer tocar com o iPad ou notebook, a praticidade é incrível. É conectar o cabo USB, escolher seu instrumento virtual e começar a tocar. Menor do que uma flauta transversal e bem menos delicado do que ela, o EWI é fácil de transportar e não exige montagem alguma, pois possui corpo único.

Se você for comprar ou já possuir o EWI USB, uma dica: dê uma olhada nos VSTis Mr. Sax e Ms. Sax, da Sample Modeling. Todos estão totalmente preparados para trabalhar perfeitamente com o EWI e possuem timbres impressionantes.

Artigo Escrito Por
Wellington Gonçalves
27 de Fevereiro de 2017

comments

word